Chainalysis: As Instituições Querem Incertezas Macroeconômicas de Ponta com Bitcoin

O interesse da instituição no mercado de moedas criptográficas é motivado pelo desejo de se proteger contra a incerteza macroeconômica, acredita Chainalysis, uma empresa de análise de cadeias de bloqueios. Em um novo relatório, a empresa de análise afirma que o atual rally de criptografia é diferente da corrida de touro de 2017 em quem está comprando bitcoin (EXANTE: Bitcoin) e por quê.

Chainalysis determina 2020 como o ano em que o dinheiro institucional começou a fluir para o espaço Bitcoin Trader. Em particular, a empresa mostra que há um aumento significativo nas transferências de alto valor enviadas das trocas de moedas criptográficas em 2020.

A empresa focada na cadeia de bloqueio estima que em 2020 as trocas criptográficas enviaram aproximadamente 19% mais transferências no valor de US$ 1 milhão ou mais, enquanto que a BTC ultrapassou US$ 10.000 em comparação a 2017.

„Isso sugere que os indivíduos por trás dessas transferências têm mais dinheiro para gastar, como esperaríamos quando investidores maiores se envolvessem“, aponta a empresa.

Chainalysis diz que o atual aumento do bitcoin contém vantagens não apenas quanto ao próprio aumento dos preços, mas também quanto ao motivo pelo qual eles estão aumentando. Desta vez, os investidores se tornaram mais savvier e mais estratégicos, destaca a empresa.

Em outubro de 2020, Chainalysis enfatizou que as instituições financeiras deveriam avaliar individualmente cada troca de moedas criptográficas com as quais seus clientes fazem transações para gerenciar riscos adequadamente.